Textos


Súplica
Edir Pina de Barros

Desejo percorrer as alamedas
desse teu corpo, cada curva, esquina,
beijando a tua tez macia e fina
sedosa, que me lembra as boas sedas.

 
Espero, meu amor, que me concedas
esse prazer - tu sabes, sou traquina – 
e a vida , grande mestra nos ensina
que rápido se vão as horas ledas

A vida, essa ilusão, é passarinho
que voa pelos céus e busca o ninho
até que um dia pare de adejar.

Nós temos para nós esse momento
que passará depressa como o vento,
pois tudo nessa vida há de passar.

Lira insana, 2016: pg. 78
Edir Pina de Barros (Flor do Cerrado)
Enviado por Edir Pina de Barros (Flor do Cerrado) em 05/03/2016
Alterado em 04/01/2017
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários