Áudios

Ah! Se eu pudera!
Data: 07/06/2017
Créditos:
Texto: Ah! Se eu pudera
Autoria: Edir Pina de Barros
Voz e edição: Ariadne Cavalcante
Música: Saudade - Clara Sverner (piano)
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Ah! Se eu pudera!
 
Ah, se eu pudesse acalentar o meu enfado,
Nesses teus laços, no teu leito, tua trilha...
(Luz serena, Marco Aurélio Vieira)

Ah! Se eu pudera ter-te agora junto a mim,
e acalentar com meus carinhos teu enfado,
e esvoaçar nos braços teus, ó, meu amado,
contigo iria aos céus do amor até o fim...
 
Quisera ter-te sem pudor, abandonado,
entre os meus braços, meus lençóis de cor carmim,
seria mais feliz se fora mesmo assim,
o meu viver seria mais iluminado.
 
Ah! Se eu pudera meu amado querubim
roubar-te-ia, sem pensar, um beijo ousado,
e sonharia o sonho teu, o mais dourado,
morrer-me-ia, sem pensar, por ti, enfim.
 
Mas tu a mim nem vês, nem ouves meus clamores,
enquanto aqui me morro pelos teus amores!
 
Brasília, 26 de Março de 2011.
 
Pura chama, pág. 95
 
 
Enviado por Edir Pina de Barros (Flor do Cerrado) em 26/03/2011

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários