Áudios

Oh! Pátria Amada! (versão 2) #
Data: 04/05/2017
Créditos:
Texto: Oh! Pátria Amada! (versão 2)
Autoria do texto: Edir Pina de Barros
Declamação/ edição - Ariadne Cavalcante
Trilha sonora: Terra Brasilis (Uma fantasia do Hino Nacional Brasileiro) - com Arthur Moreira Lima
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Oh! Pátria Amada! (Versão II)

Oh! Pátria Amada! Minha Mãe gentil!
Tua memória traz, em si, tristeza,
pois muito já custou tua grandeza,
dos povos teus, morreram mais de mil.

Oh! Mãe gentil! Por que tanta avareza?
Contém o gesto bruto, a mão hostil,
e o genocídio, tão inglório, vil,
teus filhos querem atos de nobreza.
 
Garante, aos povos índios os direitos,
- que já se mostram poucos, tão estreitos –
em nome da justiça e da memória.
 
Contém a dura mão que a tudo esmaga,
que aviva, no teu seio, a enorme chaga
que mancha, para sempre, a tua história.
 

CANTOS DE RESISTÊNCIA, pg. 32
Sonetos selecionados, pg. 99

 
Enviado por Edir Pina de Barros (Flor do Cerrado) em 27/10/2012

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários