Áudios

Quisera
Data: 03/05/2017
Créditos:
Texto: Quisera
Autoria: Edir Pina de Barros
Voz/ declamação e edição: Ariadne Cavalcante
Trilha sonora: Lua Branca, de Chiquinha Gonzada
Pianista: Clara Sverner
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Quisera!

Quisera estar vazia nesta noite,
sem ter em mim recantos de saudade,
sem ter veredas, nada que me açoite,
e a rude dor que sempre assim me invade.
 
Quisera ser parede sem retrato,
sem telas, sem pinturas, sem enfeites,
ser ente bem vazio, só, abstrato,
ser lisa, nua, sem quaisquer confeites.

Quisera ser o vácuo, sem ter eco,
o vinho que, na taça, sugo e seco...
Quisera ser o nada deste instante!
 
Quisera! Neste meu penar disseco
a tua sombra que me vem constante,
morrendo aqui tão só, de ti distante.

Cuiabá, 9 de Fevereiro de 2010.

Livro: SONETOS DIVERSOS,  pg. 43
Enviado por Edir Pina de Barros (Flor do Cerrado) em 09/02/2010

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários